Quem sou?

Daniel, professor de filosofia.

As pessoas me perguntam: por que ter um blog? Por vaidade? Porque não tem capacidade de escrever um livro? Porque quer ser admirado?

Ao que respondo: pode ser, mas é difícil dizer exatamente um motivo único pelo qual uma pessoa faz determinada coisa. No meu caso pode ser por vaidade também, mas também para discutir idéias, criticar, aprofundar, apontar problemas, ingenuidades, me aproximar de gente que gosta de pensar e discutir questões, … É triste quando nos vemos reduzidos a uma mera e única motivação psicológica. Lamento que hoje em dia as pseudo-análises, os psicologismos estejam tão fortes e frequentes a ponto de qualquer um que pense em fazer algo ‘estranho’ ou ‘diferente’ ser na hora carimbado como  querendo ‘se achar’, ‘ser o diferente’, ‘o filósofo’, etc. Ouço esse tipo de comentário desde que comecei o curso de filosofia. Curiosamente nunca ouvi ninguém dizer a um engenheiro que ele queria ‘se achar’ por fazer engenharia, ou a um administrador que ele quer ser ‘o diferente’ por ser administrador. Por que será? Deixo a resposta aos leitores perspicazes.

Um pouco sobre mim: fui fazer filosofia na Universidade Federal de Santa Catarina após um período de dúvida sobre que curso universitário cursar. Antes havia pensado em Sistemas de Informação por gostar de computadores, programação, ter contato intenso com internet e por ter recebido uma dica de um colega dos tempos de Escola Técnica (atual IFSC). O fato é que fiz um semestre numa universidade particular e não me senti muito pertencido aquele ambiente (apesar dos ótimos amigos que fiz por lá).  Depois de largar Sistemas fiquei um pouco em dúvida sobre o que fazer. Recebi, então, uma proposta de cursar algumas cadeiras no curso de Teologia e algumas cadeiras como ouvinte no curso de Filosofia da Unisul. Um semestre bastou para que eu me sentisse muito à vontade e animado estudando essas áreas. Identifiquei-me com o tipo de inquietação, com o clima de discussão, debates e argumentação que presenciei. Fiz, então, vestibular para UFSC e passei. Tentei cursar simultaneamente Teologia e Filosofia, porém não foi possível. Começaram a surgir conflitos intensos e acabei por abandonar a Teologia , porém não o respeito pela igreja católica, em especial.

Já no curso de filosofia sofri muito. Porque buscava respostas claras para os problemas diversos que apareciam. E se, por um lado, me motivava aprender sobre os mais variados assuntos: política, ciência, artes, religião, lógica, conhecimento, razão, línguas… temas esses que sempre ouvi as pessoas falarem, porém sem saberem com clareza sobre o que estavam a falar. Por outro lado, me angustiava profundamente a despreocupação com que muitos professores (e alunos) ali pareciam ter com não chegar em conclusões. Para mim não bastava tão somente levantar questões ou destruir verdades, era preciso por algo no lugar (levei o curso muito a sério). Propostas ao menos, tentativas por mais difíceis que fossem (acho errada a idéia de que a filosofia seja somente levantar questionamentos, pois há diversas tentativas e propostas de respostas em vários autores). Gostaria de ter já construído uma visão de mundo clara e precisa, e que pudesse submetê-la a prova e compartilhar com os outros, mas infelizmente ainda não foi possível. Creio que um dos benefícios do ceticismo são a prudência e o espírito aberto.

Em 2013 tive a grata satisfação em passar em primeiro lugar num concurso concorrido para professor de filosofia do estado do Ceará. Em 2014, o prazer ainda maior de poder trabalhar em uma bela escola onde há valorização da filosofia. Onde há duas aulas de filosofia, em cada uma das séries do ensino médio, onde há livro didático de filosofia para os três anos, há data-show, televisão, etc. Há alunos interessados em participar de grupos de estudo, de leitura. Há a possibilidade de monitores de filosofia e uma coordenação muito aberta que permite e possibilita o desenvolvimento do nosso trabalho.  Há uma plataforma online na qual se pode disponibilizar atividades, livros, textos, vídeos, etc. Um local maravilhoso. Espero que este ambiente me possibilite dar continuidade ao blog. Sonho com a possibilidade de um mestrado em ensino de filosofia. Gostaria muito de estudar o uso da lógica para o desenvolvimento da atitude de filosofar efetivamente no ensino médio.

Bem-vindos.

9 comentários sobre “Quem sou?

  1. Oi
    Também sou professor de filosofia e enfrentei na primeira aula na universidade um professor que muito divertido dizia que a filosofia era procurar um gato preto num quarto escuro sabendo que ele não está lá. Com o tempo percebi que precisava de mandar o gato caçar ratos e que o quarto tinha janelas por abrir.A filosofia é isso: abrir janelas para o mundo, alargar a nossa compreensão da realidade mesmo que as questões filosóficas não tenham uma solução científica. Já é muito útil como arte de pensar sobre as questões fundamentais da nossa existência.
    Abraço e parabéns pelo blogue.

  2. Realmente, a Filosofia surgiu com o objetivo de questionar e apontar os problemas da sociedade na época, e seu significado é duvidoso para muitas pessoas…

  3. Bom dia Daniel! Cara sou aluno de licenciatura em Filosofia e posso dizer que o momento que vivo (entre primeiro e segundo semestre) é de querer descobrir os caminhos para seguir, fazer escolhas! Mesmo que com o tempo eu mude. Então. eu li alguns post teus e achei muito interessante, o gosto pelo que se faz me fascina e é isso que me move dentro da Philo… Sou pai e o norte que direciona é meu caminho, assim como acredito nas crianças que não são páginas em branco mas que precisam da ferramentas que muitas vezes os adultos tem acesso mas julgam ser “perigosos” pra crianças, assim como aprender a pensar, refletir com ética dentro do mundo infantil… Peço que não ignore sua vontade primeira de criar o blog, que foi trazer a Filosofia para contato próximo com quem se sintonize com a área…. Desejo um bom trabalho e que possamos descobrir cada vez mais a praticidade de tudo que já foi teoriazado em prol de um mundo melhor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s